sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

olha eu cansei de procurar




O tempo( Mario Quintana)
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher da sua vida.Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você.O segredo é não correr atrás das borboletas...É cuidar do jardim para que elas venham até você.No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você..

Hoje eu fiz um desejo, pedi ao meu Pai eterno, que não mais gostasse de ninguém, por que esta duvida do ser ou não ser, as vezes não me deixa .
Li num livro que o coração é como um estufa , onde do que se planta nasce , e o que se semeia colhe.
E eis a questão como não gostar de ninguém, pedi tanto que não gostasse mas de ninguem que meu coração não mais se enganase.. e então pensei , mas que seria do sol se não fosse os raios , que seria das estrelas se não fosse o céu?
Sabe seria como a luz sem ter onde ficar...e o que uluminar ...
Foi por ai que comecei a escutar invez de falar .
Quem disse que eu tenho que parar de gostar eu só tenho q cuidar do meu jardim .E a borboleta certa vai vir .

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009




Tentei calcular o tamanho do céu, imaginar o tamanho do universo,pensar em quantas ondas o mar ja fez, contar quantas estrelas ha no céu , e achei mais fácil do que me recordar de todos os porques que ja indaguei em minha vida .


Porque a gente é assim sempre tentando entender oque talvez á tempos ja acabou?


Por que colocamos o" talvez" naquilo que sabemos , que é a mais pura verdade.


Depois de me expor, dar metade e não receber a outra em troca, me procuro dentro de mim mesma, nas estrelas, recuperando a minhas essência.E me fazendo de volta inteira.


Meu coração faz tamanho batuque dentro de mim , e a cada batida me sinto mais viva.


E cada batida me faz lembrar daquilo que prometi a mim mesma , a tanto tempo que as vezes me esqueço, talvez deixei debaixo de meus cobertores , ou quem sabe embaixo de minha cama ainda habita ,habituado com a falta de usso. Sonhei e não decolei, mas mesmo assim eu tento , eu mudo , me contradigo, eu creio, eu ainda acredito , eu sei , eu não sei , eu amo , eu vivo , mas nunca me habituo.


porque na verdade ainda não sei quem eu sou ...(Graci Bijega)



Via Láctea XIII
" Ora ( direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto,
Que para ouvi-las , muita vez desperto
E abro a janela , pálido de espanto ...
E converssamos toda noite, enquanto
A Via Láctea como um pálio aberto ,
Cintila . E ,ao vir do sol sudoso e em pranto
Inda procuro pelo Céu deserto.
Direis agora " Tresloucado amigo!
Que conversas com elas ? Que sentido
Tem o que dizem , quando estão contigo ?"
E eu vos direi: "Amai para entendê-las !
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas."
Olavo Bilac

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

...




eu sempre perco meus pensamentos , em janelas de onibus,no teto do meu quarto,na criança que corre entre as ruas cinzas e no pé não calçado, entre uma pétala e outra da rosa , entre o primeiro raio da manhão e a primeira estrela da noite .... o branco é a totalidade de todas as cores .. e preto é a ausência de cor .. então entre o preto e o branco não se pode vêr o cinza, mas sim o arco ìris inteiro .
e por aí vai .. e se esvai..(Graci Bijega)

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

E o tempo ?


Já diria Mario Quintana ou Drumond que pessoas que puxam papo sobre será que chove ou não ?.. não são dignas de uma converssa ...
mas aqui falo de outro tempo ..
Sempre me falaram que o tempo apaga tudo ,mas ontem descobri que o tempo apenas coloca outros dias na frente daquele, que a gente acha ,que um dia tudo vai se resolver e apagar .
Entrei ontem numa loja de conveniências , e o interressant foi que não achei nada conveniente, interressante , ou que me fize-se parar e refletir sobre o assunto por mais de 5 segundos.
Á dias estou a procura de uma passagem para a Terra do Nunca onde as pessoas nunca crescem, nunca se frustam , nunca se machucam, nunca nunca perdem ou deixam seus sonhos de esvairem, os desfalecerem.
E principalente onde cada um vive a vida da forma que quer sem se preocupar com ontem , hoje, ou amanha .. não havendo distinção entre os tais.
Cada dia que penso que algumas pessoas podem oferer algo de bom me pego em outra emboscada , é impressionante como o "ser" humano simplesmente as vezes não " é"!
Esqueci o relógio á dias não compreendo como o homem as vezes se deixa guiar por dois ponteiros de aço queimei meu caléndario aquela quadro, livrinho, folhinha que indica a divisão do ano em estaçoes ,meses,semanas dias , plano ou uma ocupação de tempo , minha parede parece que respira melhor, nela agora só vejo dois pregos sobre uma parede nu em branca , no lugar acho q vou pendurar um quadrotalvez dois e ainda possa abrir uma janela , e se não tem janela nesta perede , então mudo de parede e olho para outro lado ..
Espero pelo dia magnifico , que meu plano glorioso ja escrito pelas mãos daquele que tudo criou , venha á se fazer bem na frente de meus olhos ,se sou um menina buscando a Terra do Nunca desfiz a distinção entre hoje amanha ou outrohora, acho q tudo ja aconteceu no hoje .
E que dia exuberante,revigorante , pode ser um dia cinza e chuvoso ... onde escuto o silêncio e me encontro comigo mesma .( Graci Bijega )